O Dia que a Mônica derrotou o Goku


Lamento muito a derrota do Goku, mas a Mônica é invencível!

Montagem Photoshop Rafael Morawski



coelho monica thor martelo
clique para ampliar

Photoshop Walking Dead

Photoshop Walking Dead
Photoshop Walking Dead

Monte o seu currículo com um modelo indicado por profissionais da área de RH

Criar o seu currículo, para buscar uma vaga de emprego, pode ser uma tarefa bastante preocupante, principalmente para quem está começando a buscar uma vaga.

O Gerador de Curriculum Vitae é uma ótima ferramenta para quem deseja acertar na escolha do modelo e da disposição das informações. Você preenche os seus dados em campos bem explicativos e ele gera um documento PDF com boa aparência e bem organizado.

São vários tipos de informações, que estão separadas em seis passos simples: Dados Pessoais, Formação Profissional, Experiência Profissional, Cursos de Aperfeiçoamento, Pretensões e Observações Finais. Esses nomes aparecem também no documento pronto, dividindo os seus dados em categorias.


gerador de curriculo porto alegre

DICAS SOBRE COMO CRIAR UM BOM CURRÍCULO

Nome: Este não precisa explicar, né? Nacionalidade, estado civil e idade: Antes de abrir uma vaga, toda empresa traça um perfil de profissional mais adequado a ocupar o cargo. Uma empresa pode estar a procura de novos talentos ou de alguém com mais "bagagem". Pode estar a procura de pessoas solteiras, sem tantas "amarras" e que possa viajar ou, do outro lado, profissionais casados, que inspirem mais compromisso com o trabalho. Estas informações ajudam o profissional de seleção que recebe seu currículo a avaliar, em um primeiro instante, se seu perfil está alinhado com o almejado. Endereço, cidade, estado: Sua residência pode ser determinante para a empresa saber, por exemplo, o tempo demandado em seu deslocamento para o local de trabalho (e consequentemente os riscos de atraso) ou quantos vales-transporte serão necessários (informação de custo) caso você seja contratado. Telefones e e-mail: Não seria necessário explicar estes campos, porém é impressionante o número de candidatos que apresentam um ótimo currículo, mas que se esquecem de colocar suas informações de contato. Resultado: são eliminados pura e simplesmente porque não é possível chamá-los para uma entrevista.

E onde informo meu CPF, carteira de identidade, certificado militar? Em lugar nenhum Josivaldo! Estas informações são irrelevantes durante o processo seletivo e serão solicitadas pela empresa apenas no futuro, caso você seja selecionado.




Sessão: Objetivo

O campo objetivo é onde você informa a que vaga ou oportunidade pretende concorrer ao enviar seu curriculum para aquela empresa. Lembre-se que nenhum entrevistador está interessado em seus ideais pessoais. Portanto, seja objetivo e direto e evite qualquer “encheção de linguiça”. Uma frase é mais do que suficiente. Se você não está concorrendo a um cargo específico, informe a área em que pretende atuar na organização.

Exemplos de Preenchimento Adequado
 
* Cargo de Analista Financeiro
* Atuar no departamento de atendimento ao cliente
Exemplos de Preenchimento Inadequado
 
* Crescer profissionalmente e compartilhar minhas experiências com meus colegas de trabalho.
* Aplicar o que aprendi na faculdade e aprender mais.
* Atuar com informática (muito genérico)
* Trabalhar em qualquer área da empresa. (se você não sabe ao certo o que quer ....) 

Sessão: Experiência Profissional

Essa é uma das sessões mais importantes do curriculum. Você deve informar aqui suas últimas experiências, começando da mais recente e seguindo para as mais antigas. Lembre-se que nenhum recrutador tem tempo para analisar toda sua trajetória profissional. Para evitar excessos, nosso gerador de currículo permite que você insira, no máximo, suas três últimas colocações.

Como informar cada experiência?

Empresa: Informe o nome da empresa em que trabalhou.

Ano de Entrada: Informe o ano em que entrou na organização.

Ano de Saída: Informe o ano em que saiu da organização. Caso você ainda esteja trabalhando neste local, preencha com a palavra 'Atual'.

Cargo: Informe o cargo real desempenhado na empresa, ainda que este seja diferente daquele escrito em sua Carteira de Trabalho.

Principais atividades desempenhadas no cargo: O preenchimento deste campo é opcional mas pode contar pontos para você perante o recrutador. Utilizando no máximo 3 parágrafos curtos, descreva suas principais tarefas e responsabilidades na empresa. Caso seu trabalho tenha obtido algum resultado de destaque ou você tenha participado efetivamente de algum projeto importante, vale a pena citá-lo aqui também.

 


 

Conhece o Meu Curriculum?

Se você quer criar um currículo completo, porém não tem ideia de por onde começar, o serviço online MeuCurriculum é uma boa opção de ferramenta de apoio.

Com ele, você apenas precisa preencher os campos indicados e, no final, vai ter em mãos um documento completo, com todas as informações que o seu futuro empregador necessita. Este serviço é bom tanto para quem está começando quanto para profissionais mais experientes, já que conta com campos bem diversos.

Você pode fornecer desde as informações mais básicas, como nome, endereço e telefone, até o que realmente importa: um resumo profissional da sua vida. Se você tem pouca experiência, aposte em colocar no currículo aquilo no qual você é bom, as suas habilidades e conhecimentos, além, é claro, dos cursos.

Conhece o Meu Curriculum?

Frases Matrix

Frases Matrix

Frases Matrix

Frases Matrix

Capas criativas facebook

capa criativa facebook matrix
capa criativa facebook matrix


capa criativa facebook fumaça
capa criativa facebook fumaça

capa criativa facebook aço
capa criativa facebook fumaça


capa criativa facebook robo android
capa criativa facebook robo android


capa criativa facebook fogo
capa criativa facebook fogo

capa criativa facebook desintegração
capa criativa facebook desintegração

capa-criativa-porto-alegre-marketing





Acredite - Mestre Yoda

Acredite - Mestre Yoda

#‎MortalKombat‬ no violão. Fera!!

17 dicas de neuromarketing

17 dicas de neuromarketing
Conteúdo copilado dos portais administradores.com.br e part.com.br

"Alguns dados deixam qualquer profissional de marketing em estado de alerta: 80% dos produtos lançados atualmente fracassam e 50% das propagandas tradicionais não exercem nenhum efeito no processo de compra do consumidor. O modelo tradicional de marketing está em crise." Fonte: IPDOIS

Segundo Marcelo Peruzzo, autor do livro "As três mentes do Neuromarketing": "Você deve acreditar: Quando compramos produtos e serviços, somos motivados por comportamentos de ordem animal, um estado inconsciente, compra por impulso, não planejado, e que, naturalmente por meio de abordagens tradicionais de pesquisas quantitativas e qualitativas não podem ser alcançadas."

Você sabia que nossas decisões são bem menos racionais que parecem? Com base nessa premissa profissionais de Marketing e Neurociência se uniram para entender como funcionamos e como tomamos nossas decisões de compra

1- Lembre-se: O cérebro funciona com base nos sentidos (visão, audição, tato, olfato e paladar) e sente-se atraído por coisas mais simples. A complexidade faz com que o cérebro perca o interesse.

2- Consumir estimula os mesmos centros de recompensa do cérebro que são ativadas pelo sexo, drogas, cigarro, bebida e jogos de azar. Consumir dá prazer sim, pela liberação principalmente de serotonina e dopamina no cérebro. Por isso devemos ficar atentos para não gastarmos desnecessariamente.

3 – A decisão de compra também é exercida predominantemente por componentes emocionais. Estamos arriscados a cair na mesma armadilha que um delicioso pudim pode significar. Prazer imediato e ‘peso na consciência’ mais tarde.

4 - Nosso cérebro sente-se mais atraído por formas arredondadas e curvas.

5- Nós compramos também quando o sentimento de bem estar é estendido a pessoas que amamos. Por exemplo, mostrar uma família prestes a entrar em seu imóvel novo ou carro zero quilometro é praticamente infalível.

6 – Fique atento às diferenças, pois estas diferenças tem base evolutiva. Homens são mais objetivos, diretos, tem visão em túnel (usada nos primórdios para a caça). Para eles, quanto mais simples e organizado, melhor. Afinal, você deve perceber a dificuldade que seu marido tem em achar coisas que estão debaixo do nariz dele.

7 – Já para elas, as coisas mudam. São mais intuitivas, emocionais. Visão periférica mais aguçada (usada na antiguidade para cuidar da prole) possibilita um gosto por coisas dispostas de forma mais ‘livre’ onde possam mexer, trocar de lugar e testar alternativas e combinações.

8 – As mulheres são 95% mais propensas do que os homens a sofrer de um distúrbio chamado ‘oniomania’, caracterizado por comprar compulsivamente. Em boa parte dos casos, requer tratamento psicoterapêutico.

9 – Mensagens que contenham humor são apreciadas pelo cérebro. A tendência em guardar a mensagem é maior. Bebês e animais de estimação também são tiro certo. Lembra-se do sucesso alguns anos atrás daqueles 'bichinhos' da marca do leite?

10 – Embora os meios virtuais estejam em crescimento, para o cérebro nada substitui a experiência sensorial. A grande maioria das pessoas ainda prefere manusear um livro, tocar a TV que vai comprar e cheirar a fragrância do perfume que quer adquirir. Com o tempo isso pode mudar, mas o quesito que estará em questão é um só: facilidade.
17 dicas de neuromarketing

11- Fique atento às cores. Elas possuem a característica de estimular ou acalmar nossa atividade cerebral. Ou acha que é coincidência as grandes redes de fast food terem cores predominantemente ‘quentes’ como vermelho e amarelo e hospitais e centros terapêuticos cores mais ‘frias’ como branco, verde e azul claro?

Em seu livro Neuromarketing Aplicado à Redação Publicitária, Lilian S. Gonçalves lista algumas dicas para que sua marca não passe despercebida.

Desperte os neurônios-espelho: quando você encara alguém bocejando é quase inevitável bocejar também. Isso é resultado da atuação dos neurônios-espelho. Uma campanha com alguém utilizando o produto ou serviço tende a ser mais eficaz. As pessoas se projetam naquele anúncio e se veem consumindo, como a imitação involuntária do bocejo.

Enalteça os marcadores somáticos: o neuromarketing revela que alguns consumidores se tornam fiéis a determinadas marcas não só pelo produto, como pelo bom atendimento e valores compartilhados. Só de bater o olho na marca do Mc Donalds, muitas pessoas sentem o cheirinho de batata frita. Essas associações involuntárias são feitas pelas lembranças felizes que elas passaram lá. As lembranças se tornam marcadores somáticos desde que nascemos. O inconsciente traz uma coleção infinita de lembranças que se tornam esses marcadores. Uma campanha de publicidade com situações do dia a dia podem despertar a relação dos marcadores somáticos de seus consumidores e pronto, a conexão está estabelecida. 

Traga os inimigos ao campo de batalha: inconscientemente, o ser humano tem dois objetivos; manter-se vivo e em segurança. Lutar e batalhar fazem parte dessa essência. Campanhas que enaltecem inimigos e trazem soluções de combate tendem a ser mais eficazes. Propagandas de desinfetantes, medicamentos, seguros de vida já têm a faca e o queijo na mão para acertar em cheio o inconsciente das pessoas.

Dê uma injeção de dopamina: o ato de compra libera dopamina, uma das substâncias mais viciantes e sedutoras. O inconsciente grava essa experiência prazerosa e aguarda ansioso pela sua nova injeção. Em suma, muitas decisões de compra se baseiam em experiências passadas, ou seja, marcadores somáticos.

Dê passagem ao marketing sensorial: marcadores somáticos são aguçados por todos os nossos sentidos. O barulho da latinha se abrindo, as gotas refrescantes da embalagem, o som do ronco de um motor são alguns dos exemplos de ferramentas que aguçam o cérebro e fazem os neurônios cantarem em coro “eu quero”.

Desafie o cérebro: a mente adora um desafio, bom-humor e quebra-cabeça, mas não permanece nem três segundos tentando decifrar uma mensagem. Seja direto e objetivo. Não dialogue com uma carga excessiva de informações, pois, assim, estará estimulando o futuro consumidor a pensar, ou seja, abandonar o inconsciente e racionalizar sua compra.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...