Política 3.0 centrada no ser humano

Política 3.0 centrada no ser humano
Um novo conceito está surgindo aos poucos: as ações de Mercado levando em conta o Marketing 3.0. A expressão ganhou peso depois do lançamento do livro Marketing 3.0 - As Forças que Estão Definindo o Novo Marketing Centrado no Ser Humano, de Philip Kotler, Hermawan Kartajaya e Iwan Setiawan, lançado no Brasil pela Editora Campos.
Mas, do que se trata exatamente, um novo conceito que afirma ser "centrado no ser humano"? O Marketing não tem, desde a sua origem o consumidor como alvo? Não é do ser humano que o Marketing tem que atender os desejos e as necessidades?
Não basta mais o consumidor "lembrar" da marca, nos dias de hoje é preciso conquistar seu coração. Foi o que aprendi com isso.
Mark Zuckerberg apoia protestos no Brasil
Mark Zuckerberg apoia protestos no Brasil
Nesta linha de raciocínio, não chegou a hora da política 3.0 com o foco no ser humano? Nas ações corretas? No verdadeiro interesse em atender e resolver as questões dos seus clientes (eleitores, povo)? Com valores verdadeiros, criando um caso de amor com seus consumidores? Participativo e colaborativo? Vamos pensar sobre isso? Ou melhor, como profissionais de marketing, vamos levar isso ao trabalho que realizamos com políticos? 
A hora chegou e não fazer isso pode ser trágico como podemos ver nas ruas. Não apenas no Brasil, mas isso tem se mostrado uma constante no mundo inteiro. Quem é profissional de marketing ou publicidade tem o dever de instruir seus clientes sobre as melhores práticas.

Deixo aqui alguns pontos básicos do marketing 3.0 que podem ser úteis para os políticos. Lembrando que cliente/consumidor/eleitor é apenas um termo, nomenclatura. 
1.Crie um caso de amor com o seu público
2.O cliente tem sua individualidade - respeite isso
3.Pense no meio ambiente
4.Preste serviços, o cliente é o patrão
5.Tenha Ética e entregue o que prometeu
6.Você pode trabalhar sua imagem, mas reputação quem faz é o consumidor
7.Suas atitudes se dispersam numa velocidade muito maior que suas explicações
8. Atenda as necessidades e desejos do seu público
9.Apresente valores e gere confiança
10.Ouça, conheça e cultive seus clientes, faça com que sejam co-criadores
Não basta criticarmos o que está errado sem apontarmos o que é o correto. É muito fácil sermos oposição sem termos respostas para todos os problemas. O que precisamos é da direção correta, o que está errado já sabemos.
O ditado mais antigo do mundo: Cliente sempre tem razão. 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...