“10 motivos para sua empresa não entrar em uma mídia social.”

“10 motivos para sua empresa não entrar em uma mídia social.”



1)Você não tem as habilidades sociais (e não quer nem fingir ter) :
Rede Social está no seu termo implícito a que se refere. A dúvida maior é o por que pessoas anti-sociais entram nesta e depois permanecem longos períodos aborrecendo e ditando “ordem” no que ele compreendem como caos digital.
Rede Social é para pessoas que interagem e possua carisma. Se este não é o seu caso contrate alguém com esta capacidade e que possa ser o porta-voz da empresa e venda melhor a imagem, com um mix de marketing ideal do seu ramo de negócio, agregando informação, conceito, atraindo e fidelizando os contatos e clientes virtuais.
Assim você evita que a sua empresa se torne CASE de matérias intituladas “10 sinais de que sua empresa não é adequada para estar em uma mídia social.” Ou “Eu odeio meu cliente.”

2. Você não tem senso de humor / não pode lidar com as críticas:
O lugar mais louco do planeta e sem limites hoje é a internet. Se Alice no país das maravilhas fosse escrito hoje ela estaria dentro de um mundo virtual. Não há limites nem regras. Algumas regras são de bom senso. O marketing Viral pode tornar mundial uma boa ação na rede ou um escândalo em questão de segundos. Você pode até virar celebridade instantânea. Então relaxa, tenha cuidado e principalmente muito bom humor. As críticas são ótimas para uma analise denominada “espelho”, como o outro está lhe vendo, além de que toda crítica é um presente do cliente  para sua empresa. Se algo está errado é importante saber não acha? Sem um bom espírito o melhor é não entrar na internet. Brigar na rede traz inimigos e uma ação na internet ou uma fala, que pode parecer insignificante pode acabar se tornando uma campanha nacional contra o seu negócio. Exemplo do cartão Visa e Wall Mart no twitter que gerou uma campanha contra as empresas. (Sobre este case saiba mais no meu site www.rafamorawski.com.br)

3. Você vai esquecê-lo na parte da manhã:
Algumas empresas pensam que basta existir na rede para que seja encontrada e chova pedidos e clientes. Engano não comum, ninguém visita várias vezes um site que não é atualizado. Se eu já sei o que tem lá não preciso ir de novo certo? Esta é a grande diferença de um site de noticias, que a cada minuto tem algo novo a me apresentar.
Criar interesse no seu público, fazer promoções, atrair a atenção constantemente, principalmente se for uma rede social é o diferêncial. É preciso interagir, se comunicar, tornar-se próximo do seu público, e a facilidade que as redes sociais fornecem neste sentido deve ser aproveitada ao máximo. Podemos na interação ouvir o cliente, conhecer hábitos e gostos, questionar, informar e ser informado. Exemplo do twitter, se não fores interagir e quiser apenas postar informações, sinceramente utilize para isto o site, é para isto que ele serve, para uma comunicação unilateral.

4. O início é um problema para você:
 Se vai fazer parte das redes sociais, não basta colocar alguém que saiba fuçar. Muita gente manipula o photoshop ou um corel com maestria, daí dizer que é um publicitário ou marketeiro é bem diferente. Dedique-se a montagem do seu perfil de uma vez só. Coloque tudo, dados, fotos, links, descrições e principalmente utilize uma pessoa que saiba compor o mix de marketing para, além de criar adequadamente ao target da empresa também saiba como reter e atrair o público alvo para o relacionamento. Permita que esta pessoa tenha tempo para pesquisas, ler noticias, se atualize sobre redes sociais e para onde estas estão se dirigindo, quais as novidades, tendências, o que está acontecendo no mundo digital? Vai ver que quanto mais informações, maior o poder de munição.
5. Você só está lá para vender:
Ei, estamos todos em mídias sociais para melhorar a nossa linha de fundo, mas,  você não pode vender para as pessoas  a  seco. Vender é como fazer sexo, você sai com a pessoa, corteja, é gentil, buscam afinidades que mostre possibilidade de um relacionamento longo e prazeroso, apresenta o ganha-ganha,  faz as preliminares e em fim vende, e digo que é capaz de vender muito muitas vezes.  A empresa tem que ouvir o que as pessoas querem, em seguida, de posse do maior numero de informações possíveis, analisar e identificar os vazios emocionais, para desenvolver suas estratégias de mercado. “Para vender a Rafael alguma coisa, é preciso saber o que Rafael quer. Para saber o que Rafael quer, é preciso perguntar a Rafael.” Os internautas estão de saco cheio de propagandas frias, as empresas entram nas redes sociais e ficam como em uma sala cheia de gente estranha berrando “Pamonha! Pamonha!”, quando nem imaginam que a maioria pode estar querendo fazer regime. Dialogue e busque a riqueza da informação. Se o Smigol (do Sr. dos anéis) fosse do marketing de redes sociais ele diria que “O precioso” é a informação.

6. Você acredita que mídia social é um jogo de números:
Muitos olham as redes sociais como um jogo de múmeros. Você precisa de 5.000 seguidores no Twitter, Facebook 10.000 fãs e assinantes RSS suficiente para botar banca na concorrência e mostrar um status. Claro, você não sabe por que você precisa deles ou quem são as pessoas que você está procurando atrair.  Mas além do número que muitas vezes é sim uma resposta da sua comunicação, o fator principal é a comunicação. Dez mil seguidores que não conhecem seu negócio e nem ligam para suas postagens, não participam, não interagem, é igual a gritar numa sala com dez mil pessoas falando ao mesmo tempo. Podem ouvir seus gritos, mas será que entenderam o que você quis dizer? Um corpo a corpo, saber o nome do seu cliente, o que ele realmente deseja, qual é o seu vazio emocional,  falar sua mensagem e ele responder que entendeu é muito mais frutífero, mesmo que seja em apenas um grupo de cem pessoas.

7. Você responde agressões e críticas na mesma moeda:
Da mesma forma que é inadimissível um SAC destratar um cliente ou ser agressivo, assim deve se comportar o utilizador dos veículos de redes sociais. Humildade e respeito ampliam e qualificam sua imagem, se não tiver competência e paciência saia fora. Sua imagem será melhor não estando em nenhuma rede social. Não minta, não engane, pois o marketing de vingaça é mais viral do que o de qualificação positia. Exemplo disto foi a campanha Visa e Wallmart no twitter que conquistou o topo do trends topics em uma campanha de vingaça dos usuários por uma falha de swot não intencional.

8. Você acha que o Twitter é uma estratégia de mídia social:
Twitter é uma ferramenta de mídia social. Então é Facebook. Então é blogar. Isso significa que você precisa ter uma estratégia sobre como você vai usá-los. Uma história que inclui um pouco mais do que "Configurar uma conta de Twitter". Estratégia é usar uma rede com um propósito, objetivo e capacidade. Uma vez ouvi um ditado que dizia: Melhor um feijão com arroz bem feito do que um strogonof  horroroso. Entrar em todas para ser visto pode parecer bom, melhor ainda é criar bem feito o relacionamento dentro de cada uma das opções. Se for escolher estar em tudo, alimente todos os veículos constantemente, responda diariamente os recados, publique novidades e noticias com freqüência, mostre que há vida por trás do seu perfil, se possível vida inteligente.

9. Você não tem uma cultura social:
Aprender a gíria de cada mídia social faz grande  diferença. Alguém lhe diz que colocou uma hastag da sua empresa no seu twitter, imediatamente você fica preocupado, sem saber o que é isto e sem responder um obrigado, porque você é ignorante da cultura social digital do local que está atuando.Twitadas, scrap, hastag, trends, retweet, link, avatar, palavras como: vc, bj, msm, são culturas das redes e internet importantes  de connhecer para uma comunicação eficaz.

10. Você não tem permissão:
Você é o cara, vive dentro da rede, faz pesquisa, é popular, gosta das redes sociais e está em todas, mas sua empresa ou chefe diz que sabe mais do que você (ele é rico, chefe e anda de carrão e vc é um funcionário, mal pago e anda de ônibus) portanto ele acredita que não deve lhe dar ouvidos ou que ele possui um feeling e insiste que faça do modo dele. Você acredita que não está certo, você sabe que não está certo, então você tem duas opções: Avisa como deve ser feito e deixa clara sua posição, mas faz o que ele manda, ou cai fora antes de ganhar uma fama de funcionário que não atinge os objetivos. Porque certamente ele vai chegar a uma conclusão que a idéia dele era ótima mas seu negativismo destruiu tudo ou que você trabalhou de má vontade. Este tipo de perfil nunca pensa estar errado.

Por fim aqui vai um link para uma lista de redes sociais, escolha a sua preferida ou se quiser entre em todas, mas vai por mim, eu entrei em quase todas e é realmente impossível alimentar todas, dá um trabalho do cão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...