Maria Bethânia vira motivo de linchamento virtual nas redes sociais

Cifra polêmica para a cantora Maria Bethânia e falta de informação causam revolta nas redes sociais.
Segundo informações da coluna da jornalista Monica Bérgamo, o Ministério da Cultura autorizou a capitação de recursos para um projeto que leva o nome da cantora Maria Bethânia. Segundo o MinC, 1,3 milhões de reais serão captados para a produção do site da cantora. Bastaram algumas notas na internet para que se disparasse uma onda de protestos por toda a rede, direto dos grandes portais desaguando diretamente no Twitter.
Para a criação do site “O Mundo Precisa de Poesia”, que contará com vídeos musicais diários com direção de Andrucha Waddington e produção da Conspiração Filmes, estão previstas 365 produções musicais . O valor do projeto que vem sendo chamado de “blog” e o fato de ser uma cantora consagrada e não uma iniciante estourou a polêmica. Com a hashtag#DevolvaoDinheiroBethania.
Apesar da revolta, pouca gente sabe é que capitação de recursos não significa “utilização de verba pública”, portanto não há dinheiro a ser devolvido como sugere a hashtag do Twitter. Trata-se de uma autorização do Ministério para que as empresas possam debater de seu imposto de renda parte da verba destinada ao patrocínio de eventos culturais.
O músico Lobão, chegado a polêmicas, engrossou o coro levantando a teoria daMáfia do Dendê, onde há uma suporta conspiração para cristalizar os chamados medalhões da MPB em suas posições de prestígio e poder no campo da Música Popular Brasileira: “essa MPB formada por cadáveres insepultos querendo permanecer no presente contínuo através da chapa branca” escreveu o cantor.
Por outro lado, a funcionária do Ministério da Cultura Ana Rodrigues não vê motivo para tanta polêmica e aponta que está havendo uma iniciativa deliberada da grande imprensa em “demonizar” o ministério da Cultura e sua ministra Ana de Hollanda: “qualquer cidadão brasileiro pode entrar com um projeto na Lei Rouanet de Incentivo a Cultura, pra qualquer atividade ligada à área cultural”.
Apesar da verba estimada parecer alta, não é absurda frente ao tamanho do projeto “Sabe quando custa uma diária de câmera 5D com lentes, operador, tripé? Coisa de mil reais por dia. Sabe quanto custa uma diária do Andrucha? ou de uma figurinista? De um maquiador? De um editor?” Escreveu a roteirista carioca Renata Corrêa via twitlonger. “são cerca de 3 mil e 500 reais por vídeo. Sabe o que você faz com R$ 3.500 em audiovisual? Nem um clipe. Nem um institucional. Praticamente nada.” completa.
Há a três anos, Bethania já havia se envolvido em uma outra polêmica parecida ao solicitar a captação de R$ 1,8 milhão para uma turnê. O pedido da cantora foi rejeitado. Vale lembrar que grandes empresas como Vale e Eletrobrás têm programas para ajudar pequenos projetos a captar recursos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...