LinkedIn: rota de ascensão profissional para jovens

LinkedIn: rota de ascensão profissional para jovens


Arvind Rajan,  vice-presidente de operações internacionais do 
LinkedIn (Divulgação)
Arvind Rajan, vice-presidente de operações internacionais do LinkedIn (Crédito: Divulgação)


O LinkedIn, maior rede social exclusiva para profissionais do mundo, caiu na graça dos jovens e hoje é referência entre os recém-formados que buscam oportunidades de dar início à carreira. Com mais de 65 milhões de integrantes – cerca de 1 milhão no Brasil – , o site, cuja sede fica em Mountain View, uma das mais importantes cidades do Vale do Silício, na Califórnia, segue sua expansão internacional e inicia de maneira cautelosa as operações no país.


Arvind Rajan, vice-presidente de operações internacionais do LinkedIn, esteve em São Paulo para explicar como será a atuação do site americano em solo brasileiro. A equipe de Rajan, sediada nos Estados Unidos, foi responsável por adaptar o site para o português, missão entregue no último dia 13. O executivo afirmou que não há previsão para a abertura de um escritório local, mas adiantou que o país tem uma importância significantiva no planejamento de expansão internacional da companhia.

O público-alvo do LinkedIn é abrangente e engloba profissionais de todas as áreas. Segundo Rajan, a média de idade dos usuários é 44 anos, embora tenha se percebido um considerável aumento de pessoas ainda em começo de carreira no site. Para o executivo, os jovens têm apostado na rede social e utilizado suas ferramentas para fazer seus primeiros contatos profissionais. Na entrevista a seguir, Rajan conta a VEJA alguns detalhes sobre a estratégia do LinkedIn no Brasil.

Quantos membros brasileiros há no LinkedIn? Por que investir na localização do site para o português?

Temos quase 1 milhão de usuários no Brasil. Uma das razões pelas quais decidimos entrar no mercado é por que percebemos uma movimentação de usuários brasileiros no site. Havia uma relação de compromisso entre esses membros, que participavam de cerca de 8.000 grupos dentro da rede. Esse público é interessante para o LinkedIn e foi então que pensamos em ter uma versão do site em português. O Brasil é hoje um importante país no cenário econômico global e sabemos que muitas empresas em todo o mundo querem negociar com companhias brasileiras.

Qual o público-alvo do LinkedIn no Brasil e no mundo?

Nosso público alvo são profissionais de todas as áreas e em todos os continentes. Há no mundo cerca de 500 milhões de profissionais e 65 milhões estão no LinkedIn. A média de idade entre nossos membros é de 44 anos, o que leva a crer que nossa base é formada por profissionais experientes, alguns de nível sênior. Percebemos também um crescimento no número de pessoas que estão começando a carreira. Para esse público, o LinkedIn é uma opção na hora de gerenciar a vida profissional por um longo período.

Como o LinkedIn mudou a forma das pessoas procurarem emprego?

O site mudou tanto a maneira como as pessoas procuram emprego como também a forma pela qual as empresas encontram talentos. Isso mostra que as mudanças ocorreram em ambos os lados. Para as companhias estão à disposição 65 milhões de profissionais em todo o mundo. Já os usuários podem buscar oportunidades em cerca de 500.000 companhias brasileiras e estrangeiras que possuem perfil na rede.  Nesses grupos estão funcionários de grandes empresas, que podem ser adicionados à rede de contatos facilmente.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...