Diminuindo congestionamentos no trânsito com piloto automático (Google cria carro com piloto automático)



google cria carro sem motorista (piloto automático)

O trânsito caótico das grandes cidades é em grande parte efeito do número desproporcional de veículos que trafegam nas ruas frente à capacidade das mesmas. Mas se todos os motoristas obedecessem as leis de trânsito a situação seria muito melhor: não parar em local proibido, não fazer retornos onde não pode, não querer furar sinal vermelho e ficar preso no meio do cruzamento, etc.
E se pudéssemos tirar os motoristas dessa equação, substituindo-os por robôs? É algo assim que uma equipe do Google está pensando.

As aplicações são imensas, pois você entraria no seu carro e ele iria sozinho até o destino: você pode tirar uma soneca, trabalhar, falar ao telefone com segurança… e se você precisasse ir ao destino só pra levar alguma encomenda? Uma caixa ou um documento? Deixe o carro ir e voltar sozinho, só precisa que alguém pegue a encomenda de dentro do carro (imagine serviços de tele-entrega)! Isso tudo não é sonho, e um protótipo já circula nas ruas da Califórnia, EUA.
Não é nada parecido com o carro do Google Street View, aquele mapa com fotos das ruas que inaugurou no Brasil há poucos dias. O carro usa sensores no teto que mapeiam o ambiente por mais de 60 m em todas as direções ajudando a compor o terreno onde o carro anda, sensor de movimento inercial, GPS, 4 radares ajudam a determinar a distância de objetos e uma câmera no para-brisas detecta sinais de trânsito, outros carros, pedestres e outros obstáculos.

De acordo com o blog do Google, os objetivos do projeto são prevenir acidentes de trânsito, liberar o tempo das pessoas e reduzir emissão de poluentes através de mudanças no uso do carro. Os principais desafios, segundo o engenheiro responsável Sebastian Thrun são a segurança e a eficiência.

Nos testes os carros já andaram por mais de 225 mil quilômetros, sempre com um motorista treinado caso algo saia errado, mas o acidente mais grave até o momento foi uma batida por trás enquanto o carro estava parado num sinal vermelho. Dentro do carro há também um engenheiro de software para analisar o desempenho do programa de computador que guia o veículo. Antes dos testes a polícia da cidade é avisada e o roteiro é pré-estabelecido. O carro já cruzou – sozinho – até a famosa ponte Golden Gate, em San Francisco.

Golden Gate Bridge

Com o avanço deste projeto, em alguns anos podemos esperar que algumas dessas tecnologias sejam incluídas nos carros normais, ajudando o motorista a tomar decisões (como evitar acidentes), e num futuro não muito distante poderemos usar o tempo gasto no trânsito para fazer algo mais produtivo (mesmo que seja descansar!). O que você faria se não precisasse perder horas por semana (ou por dia) no trânsito?
Fonte: Google Blog (em inglês)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...