Redes sociais aproximam empresas e clientes.

Que tal uma torta de frango que acabou de sair do forno? E um bolo de chocolate de sobremesa? Quer concorrer a uma caixa de brigadeiros? É só postar uma foto de criança lambuzada de doce. É assim, com sugestões para o cliente se deliciar e também por meio de promoções que a Brigadeiro Doceria & Café marca presença em redes sociais como Twitter e Facebook e, dessa maneira, consegue estabelecer um contato mais claro e próximo com o consumidor.

A estratégia adotada pela doceria, porém, ainda não é uma tendência entre as pequenas empresas. Pesquisa da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) mostra que apenas 16% das micro e pequenas empresas da capital estão cadastradas em redes sociais.

Esse porcentual, no entanto, deve crescer nos próximos anos. Isso porque 40% das empresas, mesmo sem criar seu perfil na rede, monitoram as ferramentas de comunicação virtual para saber o que é comentado sobre elas. “Isso mostra uma preocupação e uma compreensão a respeito do funcionamento desse universo 2.0”, comenta a superintendente de marketing da ACSP, Sandra Turchi. A web 2.0 é composta, por exemplo, pelo Facebook e Twitter e sua principal característica é a troca de informação e conteúdo colaborativo entre seus usuários.

Com cinco anos no mercado, a Brigadeiro Doceria resolveu aderir às novas ferramentas há seis meses. “Essa é a onda do momento”, destaca Bel Forte, uma das sócias do comércio. No Facebook, a empresa informa sobre suas novidades. Já no Twitter, são postadas seis mensagens por dia com promoções, sugestões para o almoço e para sobremesas.
Twitter da Brigadeiro: http://twitter.com/brigadeiro_cafe


Jornal da Tarde
12 de outubro de 2010
Gisele Tamamar
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...